Parque Olímpico Rio 2016 2012 Rio de Janeiro, Brasil

Arquitetura Urbanismo Design

Rio de Janeiro

Brasil

campo@campoaud.com.br

+55 21 3233-1581

Parque Olímpico Rio 2016

Rio de Janeiro, Brasil

A implantação de uma infraestrutura verde, que pode propiciar uma ocupação urbana mais duradoura, garantirá um futuro mais sustentável para o Parque Olímpico Rio 2016. Com o desenvolvimento de uma rede integrada de elementos de infraestrutura verde, uma ampla gama de valiosos serviços ambientais ficarão assegurados par as futuras gerações. Nós podemos visualizar esta rede como uma árvore do mangue estilizada, com suas várias raízes de sustentação se dirigindo às águas da Lagoa do Jacarepaguá, a partir do seu tronco principal e, assim, conectando todos os espaços com um Parque na Orla da Lagoa de características inovadoras, ao mesmo tempo que permitirá um fluxo desimpedido das pessoas, das águas e da vida selvagem, através de paisagens intensamente produtivas.

A estratégia de projeto do principal espaço aberto pode ser sintetizada por três táticas adotadas: elevar, visualizar e integrar. Elevar refere-se à Passarela que se estende desde a Praça de Acesso principal, com seus três principais ramos orientando os espectadores para os locais dos eventos, para a Orla da Lagoa e para além do Parque. Visualizar diz respeito a importância fundamental dada à conexão dos visitantes com a Lagoa do Jacarepaguá, inspirando a restauração de todo o complexo lagunar da Barra da Tijuca. Esta intensa fruição do espaço é estimulada ao longo de toda a orla da Lagoa, através de um rico entremeado de ilhas, enseadas, dunas e pequenas lagoas construídas para oferecer uma experiência única num Parque público. Integrar, finalmente, refere-se ao desenvolvimento de um Tecido Cívico público, composto de ruas, passagens, praças e espaços verdes. Este conjunto de espaços abertos públicos expressa o enfoque tomado aqui, da necessidade de criar uma forte matriz geradora, mas ao mesmo tempo flexível, que possa unificar os diversos projetos arquitetônicos que virão dar as formas das arenas esportivas e dos futuros empreendimentos imobiliários.

data do projeto: 2012

data da construcao: ---

parceiros: Turenscape (China), SvR (EUA), Embyá (Brasil)

consultores: Cecília Herzog (sustentabilidade), Paulo Pellegrino (infraestrutura verde), Rogerio Cardeman (legislação)

fase: Proposta Conceitual

cliente: Concurso Internacional

prêmio: ---